Textos

Nação nordestina

Amanheceu o dia
Na nação nordestina
Nesse torrão, nesse arado
Com dever cumprido
Nasce uma ideia
Ideia da mulher que carrega lata na cabeça
Do pobre que só tem o torrão pra plantar
Saqueando a terra seca
Mas aqui houve uma batalha
As portertaides da política
Não vencemos, mas desbravando
Como nascesse nossa origem
Nordestina
De um povo alegre e cortez
Que fala arre égua
E fala aí dentro
Ah povo que carrega súplica
Eis bravo
Faz brotar o mar nesse sertão
Não desiste, insiste
Faz do sofrimento sua razão
Não aceita sua sina
É doutor e ensina
Quem mexer com nossa gente
A gente rebola pra longe
Dá capim pra comer
Nós temos fibra, não se mete onde tu não pode mexer!

 
Eduardo de Melo
Enviado por Eduardo de Melo em 08/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr