Textos


Meu falar...



Não sou um poeta
Sou paladino da verdade
Verdade minha e honesta
Que trago em veracidade.

Vivo nesse meu canto
Esperando o momento de poetar
Sublimando os desencantos
Presos em meu penar.

Faço jus a Divina comédia
Teatro que encena o praguejar
Que faço ensaio à Odisseia.

O meu poema flameja a canção
As chamas de minhas ideias
Recônditas no meu coração.


 
Eduardo de Melo
Enviado por Eduardo de Melo em 09/11/2018
Alterado em 09/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr