Textos

Me transforme...

Me faço em lápis
Colorindo em face
Sou rabiscos ágeis
Do autor sem disfarce.

Tenho linhas tortas
Como a Monalisa
Meu rosto comporta
Os traços da vida

E não tenho tempo
Pra coisas do nada
Pois me preencho
Com luz alvorada

Nem me perco em mim
Os noutros são úteis
E faço meus traços assim
Nas coisas louváveis.

Tenho fome do sereno macio
Da macieira dando fruto
Me envergo e me esvazio
E transformo e mudo!

Pra que possa colher figas
Lindas figas de felicidade
Jasmim de odes em vidas
Que caibam na eternidade...

Me curvo e sinto o sol bater
Sobre as retinas solícitas
E deixo este meu sofrer
Em tuas mãos benignas!
Eduardo de Melo
Enviado por Eduardo de Melo em 03/01/2019
Alterado em 03/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários