Textos

Teu sustento...

Perguntei a um passarinho
Como ele se alimentava?
Se ele nem trabalhava
E quem guardava seu ninho?

De prontidão falou:
Quem dá é um homem bondoso
E o pássaro se calou
E voou o pássaro formoso...

E cheguei perto de uma flor
Quem te alimentas?
Linda planta do amor
E quando à noite venta?

Desde tempos atrás
Um homem amistoso
Garante isso e assaz!
Livra-nos do duvidoso.

Esse homem mora nos céus
Sua promessa tem firmeza
Pede- nos beleza e troféus
Que ficam acima da pureza.

Aos pássaros dá a liberdade
Uma vida a perder de vista
Isso pra mostrar sua verdade
E sua promessa qu'é conquista.

Ele pede pra que a nossa beleza
Faça o homem ter esperança
E sua fé se torne uma fortaleza
A aliança com Deus e confiança!

Imagine que o pássaro e a flor
Não falta nada de alimento
Ao homem que não faltará amor
Tendo sua imagem e sentimento...








 
Eduardo de Melo
Enviado por Eduardo de Melo em 23/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários